Indicações da semana #7

By 29 de maio de 2015 cultura, indicações, principal, viagens

Olá, pessoal!

Eu, Vivi, continuo no comando das indicações nessa semana. Júlia está curtindo merecidas férias, agora, na Bolívia. De vez em quando, ela aparece no WhatsApp para mandar fotos – como essa que abre o post, da Isla del Sol, no meio do Lago Titicaca – e contar um pouco do que tem feito em mais uma incursão pelo nosso continente. O legal de dividir com ela, à distância, as experiências que ela vive é manter ativa dentro da cabeça aquela ideia de que viajar é uma das atividades mais divertidas do mundo. Viajar é ter a possibilidade de conhecer uma cultura diferente, é descobrir que aquele lugar lindo que você contou os dias para visitar é ainda mais incrível pessoalmente, é contornar pequenos – ou grandes – perrengues e ter ainda mais histórias para contar, é observar hábitos e costumes, é fotografar e filmar e escrever para tentar eternizar as melhores lembranças, é estar com pessoas, e é tudo aquilo que você sente quando sai de casa rumo a qualquer destino, cheio de expectativa e vontade de ser surpreendido. Vai dizer que isso tudo aí não é muito  legal? Duvido! Como agora já está bem óbvio qual é o tema das indicações de hoje, vamos aos eleitos.

A culpa é do fuso

Apaixonar-se por Cingapura, Laos, China, Indonésia, Tóquio e vários outros lugares da Ásia vai ser inevitável depois que você começar a assistir à websérie A culpa é do fuso, feita pela jornalista brasileira Clarissa Ferreira e o marido dela, André Garcia. Eles se mudaram para o outro lado do mundo e filmaram tudo. Algum tempo depois, transformaram o material que tinham em pequenos capítulos de histórias absolutamente encantadoras. Os vídeos são narrados pela Clarissa, que divide com a gente as impressões dela sobre cada lugar e cada experiência que o casal viveu. Eu  escolhi um dos meus episódios favoritos para colocar aqui. Nele, descobri que Hong Kong não é nada do que eu imaginava e fiquei morrendo de vontade de conhecer logo a China toda. O que mais me surpreende em todos os vídeos da Clarissa é ver pessoas cheias de sorrisos e com uma hospitalidade ímpar, onde quer que eles estejam. O roteiro e a edição são feitos são incríveis. Não esqueçam de ver os vídeos em HD e de acompanhar as postagem que ela tem feito agora no Brasil Post.

Tô indo para a  França, de Márcio Jardim

frança

Se você curte diários de viagem e roteiros absurdamente detalhados, esse livro vai ser seu melhor companheiro. Não só quando você for à França ou quando estiver planejando uma viagem à França. Claro que se uma visita ao país estiver nos seus planos, a leitura vai ser mais proveitosa, mas dá para se divertir também sem nenhuma viagem agendada. É que o livro é menos um guia e mais um relato – já falei muito detalhado? – de um viajante que curte e descreve todas as emoções da viagem. Você vai se envolver desde a organização da mala e conferência de todos os itens – sabe aquele frio na barriga de ansiedade? – até o momento em que, finalmente, dá de cara com a Torre Eiffel e fica maravilhado. A leitura é fácil e flui muito bem. Eu sempre planejo viagens lendo blogs e conversando com pessoas. Os livros e guias acabam ficando de lado, mas esse foi um ótimo presente de aniversário. Além de útil, pelas dicas práticas sobre gastos, por exemplo, ele apresenta outro ponto de vista sobre as mesmas coisas que nós fizemos lá, com uma pegada bem afetiva. Se você ficou curioso, pode conhecer o blog do Márcio, ter uma ideia de como é o livro e comprar seu exemplar.

#Travel #Trip #Amoviajar

viagens 1

Um dos lugares que mais me inspiram quando eu penso em viagens é o Instagram. As hashtags aí de cima – e mais muitas outras – são as chaves de portais maravilhosos (embarquei para Nárnia, sorry!) que levam a conteúdos muito legais para quem está sempre pensando no próximo destino. De hashtag em hashtag, já perdi horas passeando por belas fotos e conheci vários perfis legais, com dicas de gente como a gente, que tem bom coração e compartilha coisa boa com o mundo. Sigo diversos perfis de viagens e tenho a sensação de que nunca vou esgotar essa lista. Para inspirá-los também, escolhi cinco igers para indicar aqui. Pensei naqueles que têm imagens legais e conteúdo interessante nas legendas. Lá vão:

viagens 2

1. @visitbrasil. Nada melhor do que começar pelo nosso país, cheio de todos os tipos de destinos. Do Oiapoque ao Chuí, tenho certeza de que você vai se impressionar com o tantão de beleza que nós temos aqui e nem fazemos ideia.

2. @blogmochilando. Esse é, sem dúvidas, um dos perfis mais conhecidos pelos amantes de viagens. Se você usar #blogmochilando nas suas fotos, pode até aparecer no perfil, que é colaborativo. Eles têm fotos de todo o mundo e sempre colocam informações úteis nas legendas.

3. @cucinadigitale. É o meu novo xodó. A designer e fotógrafa Nicolee Drake mora em Roma () e publica fotos com um olhar muito delicado de vários lugares da Europa e também de países de fora do Velho Continente. É para se apaixonar pelas fotos e ficar babando mesmo.

4. @passionpassport. É uma comunidade de viajantes, contadores de histórias e fotógrafos que querem inspirar você a viajar. Essa é a definição oficial do perfil. Precisa dizer algo mais?

5. @arrumaamalaae. Existem vários perfis de casais que são apaixonados por viagens e contam no Instagram um pouco das próprias experiências, esse é um deles. Eu acho que o diferencial do Arruma a mala aê são as descrições nas legendas e o tom bem pessoal que eles usam para contar o que fazem. Vale pesquisar outros semelhantes.

E aí, vai viajar para onde?

3 Comentários

  • Reply Márcio Jardim 1 de junho de 2015 at 16:18

    Olá, Viviane! Simplesmente muito feliz com a indicação. Abri a página do blog hoje e me deparei com essa grande surpresa. Agradeço imensamente e grande sucesso para você 😉

    • Reply Viviane da Costa 1 de junho de 2015 at 17:03

      Adorei seu comentário, Márcio! Que bom que você gostou da nossa indicação. Gostei muito de conhecer seu blog também. Um beijo, Vivi.

  • Reply Indicações da semana #8 5 de junho de 2015 at 19:34

    […] estou de volta! Depois de 20 dias de viagem – que poderiam ser 40, 60, 80… é tão bom viajar, né? -, cá estou novamente em terras brasileiras. As férias foram uma delícia, mas não dá […]

Deixe uma mensagem