5 filmes para conhecer Ricardo Darín

Para o caso de você ser um extraterrestre que acabou de chegar à Terra e nunca ter ouvido falar no ator Ricardo Darín é que essa lista foi criada. Mas, como o Fôlego é igual a coração de mãe, a lista também é feita para você que adora cinema, principalmente, o argentino. Darín é, sem dúvidas, o principal nome do cinema na Argentina atualmente e estrela os longas de maior destaque comercial produzidos pelo país nos últimos anos. Além de tudo, o ator é dono de um delicioso sotaque e de um belo par de olhos azuis que fazem dele um charme só. Ah, meninos, ele também atua muito bem e isso não é papo de tiete, basta conferir aqui embaixo:

1 – Nove rainhas, 2000.

Darín faz dupla com Gáston Pauls nesse thriller que conta a história de dois golpistas que acabam envolvidos em um negócio milionário após se conheceram aparentemente por acaso. Com roteiro e direção de Fabian Bielinsky, o filme de estreia do diretor foi um sucesso de bilheteria na Argentina e conquistou diversos prêmios dentro e fora do país.

2 – O filho da noiva, 2001.

O filme foi o segundo trabalho de Darín com o diretor Juan José Campanella. A parceira entre os dois rendeu quatro longas, dos quais três estão aqui na lista. Este conta a história de Rafael Belvedere, papel de Ricardo Darín, um homem em crise com as  inúmeras responsabilidades da vida adulta, entre elas a necessidade de lidar com uma mãe que está perdendo a memória. Um ataque cardíaco provoca uma mudança em Belvedere.

3 – Clube da lua, 2004.

O clube de dança Luna de Avellaneda, de Buenos Aires, está à beira da falência quando os descendentes de seus fundadores decidem arregaçar as mangas para salvar o espaço, que tem um valor muito mais emocional do que físico para diversas gerações que passaram por ali. Durante o processo de salvamento, os próprios personagens principais acabam superando as próprias decadências e relembrando a alegria há muito perdida. Direção de Juan José Campanella.

4 – O segredo dos seus olhos, 2010.

Este é um filme sobre paixão e todas as delícias e complicações que ela costuma trazer para a vida de um apaixonado. Nele, Darín é Benjamin Esposito, um oficial de justiça aposentado, que resolve retomar um caso antigo que não foi resolvido. Na visita ao passado, ele reencontra um grande amor que ficou para trás e  se vê confrontado a dar uma solução também a esse ‘impasse’. O trabalho mais recente de Darín e Campanella conquistou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2010.

5 – Um conto chinês, 2011.

Um dos melhores filmes de 2011, mistura humor e delicadeza na medida certa ao apresentar Roberto (Darín), um veterano de guerra rabugento, que vive isolado do mundo e mantém hábitos excêntricos. A vida previsível de Roberto é interrompida com a chegada de um chinês que aparece do nada e deixa tudo fora da ordem. De acordo com esse link, o filme ainda está sendo exibido no Rio.

Vale destacar que essa lista não foi feita baseada em ordem de preferência. Os filmes foram ordenados por ano de lançamento, do mais antigo para o mais novo.

Viviane da Costa

 

 

 

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s