Além da cozinha com Nigella Lawson

Televisão, desde que eu sou bem pequena, é uma das minhas principais distrações. Quando criança, eu sabia quase que por completo a programação dos canais abertos. Adorava principalmente programas de entretenimento, novelas, desenhos e, claro, filmes. Alguns episódios de Pica-pau eu lembro até hoje. Músicas de abertura de séries, então, nem se fala. É comum, como agora, que eu divida minha atenção entre qualquer coisa, e a televisão ligada. Estudo, trabalho, ouço música, leio, e o aparelho continua ligado, exibindo o que quer que seja. Isso simplesmente porque adoro a facilidade com que a TV transmite informação e porque sei classificar o que pode ser, ou não, útil para mim.

Hoje em dia, o cardápio de programação aumentou, com a televisão a cabo. Já não consigo decorar o que cada um dos canais exibe, afinal, a vida mansa de chegar da escola e ficar disponível a tarde inteira acabou. Mas, continuo acompanhando bastante coisa. Os programas sobre culinária estão entre os meus favoritos. Isso não significa que eu sou um ás da cozinha. Nem um desastre. Na verdade, isso não tem nada a ver com o meu desempenho ao cozinhar, tem a ver com o meu prazer de assistir a pessoas que fazem parecer simples as atividades que desempenham. A chef britânica Nigella Lawson, que esteve neste ano no Brasil, é um exemplo disso. Ela cozinha com calma, sempre sorrindo, e come com satisfação. Não bastasse isso para eu adorar os programas dela, descobri, enquanto pesquisava para esse post, que Nigella nasceu no mesmo dia que eu. Informação totalmente irrelevante para vocês gostarem dela, mas, sabe como é, rolou uma identificação.

Pois bem, nessa visita ao nosso país, Nigella gravou uma participação especial no programa do também chef Claude Troisgros, e disse uma frase que me encantou. E é ela que eu divido com vocês hoje:

nigella chocolate pudding done

Na foto, uma receita de Nigella: chocolate pudding

Acredito que cobranças são saudáveis até certo ponto. Difícil mesmo é perceber quando você já fez seu melhor e não precisa ir além. Quem disse que para ser bom tem que ser perfeito? O que é prefeição? É uma boa reflexão para começar a semana e para toda a vida. Não custa muito tomar cuidado para não ficar paralisado por causa de um conceito distorcido, de uma perfeição que pode já estar aí ou que não precisa ser alcançada. Afinal, a graça não é ser diferente e cheio de defeitos? Não é isso que faz de nós seres únicos? Ser perfeito é ser você, sempre em movimento.

Viviane da Costa

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s