Melhor do Rio: Lagoa Rodrigo de Freitas

O Rio de Janeiro está surreal. Mas, verdade seja dita – e é por isso que eu amo essa cidade -, continua sendo um dos destinos turísticos mais ecléticos do mundo. Água de coco na praia de Copacabana está custando R$ 6? Está. É surreal? É. Mas não significa que é preciso se enclausurar em casa e deixar de curtir a cidade. Que tal encher a garrafinha térmica de água gelada, colocar na mochila junto com um iPod cheio de boas músicas e dar uma volta pela Lagoa Rodrigo de Freitas? É possível aproveitar gastando bem pouco, nós garantimos e damos algumas dicas!

Este slideshow necessita de JavaScript.

AO AR LIVRE

Nos 7,5 quilômetros de ciclovia compartilhada com pedestres há espaço para todo tipo de atividade. Na pista e fora dela. Quem não estiver com disposição física para correr, pedalar, patinar ou andar de skate, pode fazer uma leve caminhada para admirar a variada paisagem da Lagoa. Acordar cedo, percorrer toda a Lagoa e finalizar o passeio com um mergulho na praia de Ipanema – facilmente acessada pelo Jardim de Alah -, garante uma manhã revigorante. Outra opção é escolher um cantinho na grama ou parar em alguma das praças que cercam a Lagoa para terminar a leitura daquele livro sensacional que não sai da sua cabeceira.

Já para o meio da tarde, uma parada na altura do Parque da Catacumba para alugar um pedalinho certamente deixará o dia mais divertido, além de oferecer um ângulo diferente do lugar. Cada meia hora custa, em média, R$ 20. Ainda por ali, no fim do dia, você pode esticar uma canga no gramado e apreciar um dos pores-do-sol mais lindos do Rio. Isso é de graça e rende belas fotos! Outro ponto legal para admirar a despedida do sol é o deck de madeira que fica pertinho da estátua do Curumim, próximo à sede náutica do Vasco, na Avenida Borges de Medeiros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

PARA COMER

Não faltam barraquinhas ao longo de toda a Lagoa, com todo tipo de guloseimas: tapiocas de todos os sabores, doces e salgados, churros, milho cozido, cachorro-quente, entre outros. Os valores variam. Se você não dispensa o sabor e a hidratação da água de ouro coco, eu indico um quiosque específico, o da Vânia, que fica na Epitácio Pessoa, altura do número 3.100, em frente a um estacionamento. Por R$ 5 você bebe água de coco geladíssima, conhece uma vendedora muito simpática e ainda come a parte do branca do coco, que a Vânia serve já separada da fruta, com um palitinho.

Para um algo refinado, e se você não tem medo de cardápios exóticos, o Palaphita Kitch, na altura do Corte Cantagalo, é a sugestão. Especializado em culinária amazônica, o restaurante tem mesas e cadeiras de madeira dispostas ao ar livre, com uma visão privilegiada do Cristo Redentor. Eventualmente, duas araras (de verdade) dão o ar da graça no local. Os preços são salgados. Um copo de suco de polpa de fruta de 300 ml, por exemplo, custa R$ 14. Um aviso no menu chama a atenção: ‘Aceitamos joias’. Portanto, se for, vá preparando para abrir a carteira.

DIFERENTE

Se dinheiro não é o problema, há voos de helicóptero que sobrevoam o Rio, com saídas do heliponto que fica ao lado do Parque dos Patins. O roteiro mais barato dura de seis a sete minutos, percorre apenas a Zona Sul da cidade e custa R$ 240. O mais caro sai por R$ 1.400 e, em uma hora, vai do Leme ao Pontal.

Para os esportistas, a lista é grande. Ao lado dos pedalinhos do Corte Cantagalo, no gramado, são realizadas as aulas livres de yoga do Método DeRose. As datas de 2014 já estão marcadas. Basta chegar e praticar. Há ainda diversas quadras ao redor da Lagoa nas quais é possível praticar futebol, tênis, vôlei e mesmo beisebol, pouco comum no Rio. Além disso, qualquer par de árvores livre serve de apoio para a fita dos amantes (equilibrados) do slack line. Embora a Lagoa não esteja despoluída e liberada para o banho, continua sendo escolhida para a prática de esportes aquáticos. Além do tradicional remo, eventualmente, vemos pessoas com suas pranchas de stand up paddle a postos.

Viviane da Costa

2 comentários sobre “Melhor do Rio: Lagoa Rodrigo de Freitas

  1. Pingback: 7 coisas para fazer com pouco (ou nenhum) dinheiro no Rio | um fôlego

  2. Pingback: O que fazer para curtir a árvore de Natal da Lagoa numa boa | um fôlego

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s