Contagem Regressiva para o Oscar 2014: Trilha sonora e som

A menos de duas semanas do grande dia, este post é dedicado a tudo que você ouve quando vê um filme: trilha sonora, canção original, mixagem e edição de som. O som, ou a falta de, é sempre extremamente significativo e dá o tom de uma cena, acrescenta informação, desperta sensações e emoções, e é uma das minhas áreas preferidas no cinema.

(Ontem foram anunciados os vencedores do BAFTA deste ano. Você pode conferir a lista no site oficial). Mas aqui estamos falando de Oscar 2014, então vamos aos indicados:

CANÇÃO ORIGINAL

“Happy” (Meu Malvado Favorito 2 – Despicable Me 2) – Música e letra de Pharrell Williams

Williams já tem uma carreira de sucesso, principalmente como produtor de artistas como Shakira, Jennifer Lopez e Britney Spears. No último ano, estourou com o sucessos “Get Lucky”, do Daft Punk (pelo qual levou dois Grammys), e “Blurred Lines”, de Robin Thicke. A música “Happy” ficou famosa pelo seu clipe, o primeiro a durar 24 horas, e traz diversas pessoas comuns e personagens cantando em diversos lugares diferentes. Esta é a primeira indicação de Williams ao Oscar.

“Let It Go”(Frozen) – Música e letra de Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez

Forte candidata deste ano, a música já recebeu disco de platina (um milhão de vendas). Quem dá a voz à canção é a maravilhosa, incomparável, fodarástica Idina Menzel (como já deu para perceber que sou muito fã, estou muito ansiosa pela apresentação dela). É a primeira indicação do casal Lopez ao Oscar, mas Robert Lopez já levou o prêmio Tony (maior prêmio de teatro musical) pelas músicas de Avenida Q (Avenue Q) e The Book of Mormon (ambos incríveis e na minha lista de preferidos). Não preciso nem dizer que estou torcendo mesmo para essa equipe mega talentosa, né?

“The Moon Song” (Ela – Her) – Música de Karen O e letra de Karen O e Spike Jonze

 Karen O é mais conhecida por ser a vocalista da banda Yeah Yeah Yeahs e já participou de algumas trilhas sonoras, como dos filmes Casa de Cera (House of Wax) e Jackass. Spike Jonze, como já falamos no post passado, é também diretor e roteirista do filme Ela. Os dois já haviam trabalhado juntos na trilha sonora de Onde Vivem os Monstros (Where the Wild Things Are). É a primeira indicação de ambos nesta categoria.

“Ordinary Love” (Mandela: Long Walk to Freedom) – Música de Paul Hewson, Dave Evans, Adam Clayton e Larry Muller, e letra de Paul Hewson

Com grandes chances de levar a estatueta, a música, escrita e interpretada pela banda U2, já ganhou o Globo de Ouro. Para quem não sabe, Paul Hewson é o nome verdadeiro de Bono, e Dave Evans, de The Edge. Eles foram convidados pelo produtor Harvey Weinstein para escrever uma música para o filme já que eram amigos de Mandela há muitos anos. A banda já havia sido indicada uma vez pelo trabalho no filme Gangues de Nova York (Gangs of New York).

P.S.: Vale deixar registrado também que havia uma quinta música indicada, “Alone Not Yet Alone”, do filme de mesmo nome, que foi desqualificada. O compositor, o músico Bruce Broughton, já fez parte da Academia e ainda é membro do comitê executivo da área de música. A Academia informou que ele fez uso indevido de sua posição para contactar outros membros votantes a respeito de sua música.

TRILHA SONORA ORIGINAL

John Williams (A Menina que Roubava Livros – The Book Thief)

O veterano Williams recebe sua quadragésima nona indicação ao Oscar e tem o recorde de indicações de uma pessoa viva. Ele já levou a estatueta cinco vezes por seu trabalho nos filmes A Lista de Schindler (Schindler’s List), E.T. – O Extraterrestre (E.T. The Extra-Terrestrial), Guerra nas Estrelas (Star Wars), Tubarão (Jaws) e O Violinsta no Telhado (Fidler on the Roof). Sua última vitória foi há vinte anos e a indicação mais recente foi ano passado.

Steven Price (Gravidade – Gravity)

Esta é sua primeira indicação ao Oscar, mas já é conhecido no meio por seu trabalho em diversos filmes, incluindo edição de som em dois da trilogia O Senhor dos Anéis (The Lord of the Rings) e Batman Begins. Ele também já ganhou um Grammy pelo álbum 21, da cantora Adele, no qual ele trabalhou como engenheiro de som.

William Butler e Owen Pallett (Ela – Her)

Butler (compositor, baixista, guitarrista) é mais conhecido pela sua banda Aracde Fire e Pallett (compositor, violinista e tecladista) costumava se apresentar sob o nome Final Fantasy. É a primeira indicação de ambos ao Oscar e também a primeira vez que trabalham em um filme. Pallet colaborou com o Arcade Fire diversas vezes e já trabalhou com artistas como R.E.M., Snow Patrol, Linkin Park e Franz Ferdinand.

Alexandre Desplat (Philomena)

Desplat, que já trabalhou em filmes como Argo, O Discurso do Rei (The King’s Speech) e O Curioso Caso de Benjamin Button (The Curious Case of Benjamin Button), recebe sua sexta indicação, mas nunca levou o grande prêmio. O compositor francês já trabalhou em mais de 150 filmes e ao longo da carreira já ganhou um Globo de Ouro e um Grammy.

Thomas Newman (Walt nos Bastidores de Mary Poppins – Saving Mr. Banks)

Esta é a décima segunda indicação de Newman, que também nunca levou a estatueta. Ele já trabalhou em diversas séries de televisão, como Six Feet Under e The Newsroom, além de filmes como Procurando Nemo (Finding Nemo), Wall-E, Skyfall e Beleza Americana (American Beauty). Embora não tenha um Oscar, já ganhou seis Grammys e dois BAFTAs.

EDIÇÃO DE SOM

Steve Boeddeker e Richard Hymns (Até o Fim – All is Lost)

Hymns já foi indicado ao Oscar nove vezes, tendo levado a estatueta em três ocasiões por seu trabalho nos filmes Indiana Jones e a Última Cruzada (Indiana Jones and the Last Crusade), Parque dos Dinossauros (Jurassic Park) e O Resgate do Soldado Ryan (Saving Private Ryan). Já Broeddeker recebe sua primeira indicação, mas já trabalhou em filmes como Clube da Luta (Fight Club), Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland) e A Fantástica Fábrica de Chocolate (Charlie and the Chocolate Factory).

Oliver Tarney (Capitão Phillips – Captain Phillips)

É a primeira indicação de Tarney, que já trabalhou em filmes como Vôo United 93 (United 93), Cassino Royale, Quantum of Solace e Philomena.

Glenn Freemantle (Gravidade – Gravity)

Ele recebe sua segunda indicação nesta categoria, tendo recebido a primeira por Quem Quer Ser um Milionário? (Slumdog Millionaire). Ele tem mais de cem filmes em seu currículo, incluindo V de Vingança (V for Vendetta), 127 Horas (127 Hours) e O Diário de Bridget Jones (Bridget Jones’ Diary).  Ele levou o BAFTA por seu trabalho em Gravidade.

Brent Burge e Chris Ward (O Hobbit: A Desolação de Smaug – The Hobbit: The Desolation of Smaug)

Ambos recebem a primeira indicação ao Oscar. Eles já trabalharam juntos na trilogia O Senhor dos Anéis (The Lord of the Rings) e nos filmes As Aventuras de Tintin (The Adventures of Tintin) e Distrito 9 (Ditrict 9), pelos quais ganharam o prêmio dos editores de som de cinema (o Golden Reel Awards).

Wylie Stateman (O Grande Herói – Lone Survivor)

Esta é a sétima indicação de Stateman na categoria. Já colaborou diversas vezes com Quentin Tarantino, em filmes como Django Livre (Django Unchained), Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds) e Kill Bill volumes 1 e 2. Mas sua carreira com mais de cem filmes é bem diversificada, já tendo participado também de Shrek, Quase Famosos (Almost Famous) e Memórias de uma Gueixa (Memoirs of a Geisha), por exemplo.

MIXAGEM DE SOM

Chris Burdon, Mark Taylor, Mike Prestwood Smith e Chris Munro (Capitão Phillips – Captain Phillips)

Com exceção de Munro, que já foi indicado outras duas vezes e levou o prêmio em 2002, é a primeira indicação de todos ao Oscar. Mas eles já são bastante experiente, com cerca de 80 a 90 filmes no currículo  de cada um.

Skip Lievsay, Niv Adiri, Christopher Benstead e Chris Munro (Gravidade – Gravity)

Munro aparece novamente, com sua segunda indicação na mesma categoria. Lievsay, que também está indicado duas vezes este ano, já havia sido indicado outras quatro vezes, mas nunca levou o prêmio. Já Adiri e Benstead recebem sua primeira indicação.

Christopher Boyes, Michael Hedges, Michael Semanick e Tony Johnson (O Hobbit: A Desolação de Smaug – The Hobbit: The Desolation of Smaug)

Uma equipe de veteranos. Boyes recebe sua décima quarta indicação, já tendo levado o prêmio quatro vezes por seu trabalho, Hedges já foi indicado outras três vezes, levando o prêmio duas, e Semanick  é indicado pela décima vez, também tendo recebido a estatueta duas vezes. Os três foram premiados pelos trabalhos em King Kong e O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (The Lord of the Rings: The Return of the King). Johnson é o único que ainda não levou o prêmio, mas já foi indicado outras duas vezes.

Skip Lievsay, Greg Orloff e Peter F. Kurland (Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum – Inside Llewyn Davis)

Mais uma equipe experiente quando o assunto é Oscar. Lievsay, como já mencionado, recebe sua segunda indicação este ano e sexta no total. Orloff, que ganhou o prêmio por seu trabalho em Ray, é indicado pela quarta vez, assim como Kurland, que também nunca levou a estatueta. Os três trabalharam juntos em Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country for Old Men) e Bravura Indômita (True Grit), ambos também dos irmãos Coen, como Inside Llewyn Davis.

Andy Koyama, Beau Borders e David Brownlow (O Grande Herói – Lone Survivor)

Esta é a primeira indicação para os três. Brownlow já trabalhou em filmes como Os Vingadores (The Avengers) e Thor. Já Borders tem no currículo filmes como Titanic, O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei e Armageddon. Koyama também é bastante experiente, tendo trabalhado em filmes como Homem de Ferro 3 (Iron Man 3), Entrando numa Fria (Meet the Parents) e As Branquelas (White Chicks).

 Luiza Canetti

2 comentários sobre “Contagem Regressiva para o Oscar 2014: Trilha sonora e som

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s