Expira, inspira: Robert Downey Jr. vai te ensinar algo hoje

robert_downey_jr_01

‘Gato e fofo! Como lidar?’ Esse foi o título do email que eu recebi ontem com link para esse texto aqui, que conta uma história fofa sobre o gato Robert Downey Jr. Eu poderia revelar a identidade da remetente do email, mas a Júlia ficaria com vergonha. Assim, vamos ao que interessa. O texto é longo e em inglês, portanto, se você estiver com preguiça, segue nosso pequeno resumo:

Uma jovem acompanha a avó a uma badalada festa de uma ONG americana. Em certo momento, a jovem mostra para a avó o ator Robert Downey Jr., o qual a senhora ignora, por não conhecer. A festa segue até que, na hora de ir embora, a avó se machuca e começa a sangrar. A neta, sem reação, não consegue ajudar. Resta a um estranho acalmar a senhora e chamar uma ambulância. O nome do estranho era Robert Downey Jr. A neta vai embora com a avó, para o hospital, e não agradece a ajuda recebida. Quinze depois, ela reencontra o ator, se aproxima, relembra a história e diz: ‘Eu só queria dizer obrigada e dizer para você que aquele foi, simplesmente, o ato mais gentil que eu já testemunhei’. Downey responde ‘Você não tem a menor ideia do quanto eu precisava ouvir isso hoje’.

Silvia-and-Me-281x300

Silvia, a avó, e a neta Dana

A história foi vivida e é contada por Dana Reinhardt, autora de livros nos Estados Unidos. Depois de ler, fiquei pensando na importância de palavras e atitudes positivas em nossas vidas. Às vezes, ouvir um agradecimento, receber uma demonstração de carinho ou ser elogiado por algo que você não esperava pode salvar o dia. O contrário é igualmente animador. Ver um sorriso aberto no rosto de alguém de quem gostamos após um ato de doçura nosso é indescritível.

Mesmo sabendo disso, nem sempre somos amáveis como deveríamos. Nem sempre somos gentis em vez de donos da razão. Nem sempre colocamos o estresse e a preocupação no lugar que é deles de direito, o esquecimento. Mas deveríamos. Deveríamos nos manter atentos e empenhados para viver o melhor de nossas relações, para ter as melhores e mais felizes experiência. É fácil? Não para todos, mas é um exercício diário que pode salvar, talvez, não uma vida, mas um dia, com certeza.

Viviane da Costa

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s