Expira, inspira: dicas para apaixonados por revistas

Revistas são do clube das minhas paixões antigas. Desde a época em que eu, pequenininha, alucinava meus pais para comprar as de colorir do Pica-Pau e da Moranguinho, passando pela minha coleção das edições quinzenais de Capricho (já doadas), até chegar às piauís e GQs que foram objetos de estudo na graduação e na pós. Adoro revistas por vários motivos: reportagens aprofundadas, ensaios fotográficos, diagramações ousadas, diferentes formatos e papéis, colunas, artes, capas incríveis, e, principalmente, segmentação de público – o que possibilita a abordagem de temas mais específicos.

Hoje em dia, continuo apegada a algumas edições físicas, mas aproveito o maravilhoso advento da internet (engraçado pensar que, há poucos anos, essa expressão era usada sem sombra de ironia) para conhecer (excelentes!) publicações digitais, ficar atualizada sobre as mudanças do mercado e acompanhar debates sobre os rumos das revistas no mundo. Aproveitando meu arsenal, para hoje, preparei uma lista de sites que podem te interessar se você também curte revistas. Se você não é tão fã assim, mas gosta de novidades, vai aproveitar a lista do mesmo jeito, afinal, os assuntos dos sites abaixo são mais do que variados. Aproveitem!

issuu

Issuu é uma das mais conhecidas plataformas de publicação digital do mundo. De acordo com o site, são mais de 15 milhões de publicações agrupadas em um só lugar. Você pode encontrar muitas versões de revistas e jornais conhecidos, mas o divertido é descobrir produções independentes e originais, dos mais diferentes assuntos. Além da ampla oferta, o Issuu é aberto a qualquer um, portanto, se você tem um projeto e não tinha onde publicá-lo, sinta-se à vontade.

void

A Void, por exemplo, usa o Issu como plataforma de publicação. A revista se diz representante convicta da cultural inútil e tem um tom editorial ácido. Confesso que não sou leitora assídua da publicação, que conheci esses dias, mas tenho acompanhado o burburinho recente em torno da Void General Store, loja recém-aberta pela equipe da revista no Leblon. Eles vendem de tudo: de revista a cerveja, de brownie a tênis. Já anotei o endereço na agenda (sim, eu ainda uso isso) e curti a cara exagerada da edição mais recente da Void. Vale conferir!

Ainda entre as brasileiras, temos A Lagarta e Confeitaria, duas publicações muito fofas e bem acabadas. A primeira tem cara de revista ‘tradicional’, com arquivo de páginas espelhadas, mas com formato adaptado à internet. A segunda tem cara de site, mas com toda pinta de revista. Dá gosto de admirar os detalhes de ‘diagramação’ das duas e de ler os textos, mais reflexivos, e absolutamente atuais. Os temas são variados, geralmente, focados em sociedade e comportamento.

bullet

Lá de fora, a indicação é a Bullett, que é pop e engraçadinha, do tipo que perde o amigo mas não perde a piada. Uma revista com linguagem leve e nada superficial. De vez em quando, talvez. Mas o que seria da vida se tudo fosse só profundidade? A Bullett é ótima para quem gosta de descobrir o que já é tendência fora do país e que, certamente, vai chegar por aqui em breve. É em inglês.

das bancas

Para encerrar, um blog que é um dos meus favoritos há anos, o dasBancas. Nele você vai encontrar análises interessantes sobre o que está circulando pelas bancas de jornais e revistas, principalmente, no Brasil. A avaliação gráfica é o foco, mais do que a de conteúdo. É um ótimo blog para pensar o que estamos levando para casa e para ficar por dentro do que está – ou não – bombando.

Viviane da Costa

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s