Melhor do Rio: Quinta da Boa Vista e Jardim Zoológico

Entre os passeios mais tradicionais das viagens há sempre uma visita ao zoológico local. Em alguns casos, eles têm atrativos muito especiais, animais exóticos, experiências diferentes. Mas a verdade é que a maioria costuma conquistar turistas e moradores por um simples e ótimo motivo: animais são fofos e divertidos. Não pensem que eu acho fofo e divertido manter os animais enjaulados. Não é isso. Mas hoje não vou perder tempo explicando porque a questão é o bem que os bichos fazem para quem entra em contato com eles.

O Zoo Rio, por exemplo, sempre é sinônimo de um dia agradável, mesmo com a lista de poréns que ele coleciona. Nos últimos anos, a conservação do lugar tem deixado a desejar e a variedade de animais diminuiu bastante. Nem por isso, as filas nos fins de semana são pequenas. A combinação entre Jardim Zoológico e Quinta da Boa Vista é ainda a escolha de muitas famílias, amigos e namorados. Minha indicação é a de um passeio matutino, com direito a piquenique. Vamos aos detalhes.

A Quinta da Boa Vista é um parque de 155 mil metros quadrados, no bairro de São Cristóvão. A entrada é gratuita. Há linhas de ônibus que passam pelo local, além de estações de trem e metrô bem próximas. No século XIX, foi residência da família imperial brasileira. Hoje em dia é perfeita para a prática de esportes e para piqueniques. Há uma extensa área verde, ideal para sua toalha xadrez e a  cesta de comidinhas deliciosas. As quadras e pistas são interessantes para brincadeiras em grupo ou mesmo para uma corrida ou caminhada. Nos lagos, é possível passear em pedalinhos a partir de R$ 15. Dentro do parque fica o restaurante Quinta da Boa Vista, opção para quem prefere um lugar mais formal para comer.

Como já adiantei no início, a Quinta abriga o Jardim Zoológico do Rio, o mais antigo do Brasil. Crianças são o público principal, é verdade. Mas que adulto não gosta de voltar à infância de vez em quando? Além dos divertidos macacos, que quase sempre fazem gracinhas para o público, há leões, girafas, gnus, zebras, ursos, hipopótamos, cobras, jacarés, aves – ufa! – e mais uma infinidade de animais no zoológico. A entrada custa R$ 6.

Ainda dentro da Quinta da Boa Vista está o Museu Nacional de História Natural, mais conhecido pelos dois primeiros nomes. Pode ser uma boa opção para encerrar o passeio, depois da visita ao zoológico, ou então a única opção para quem prefere programas culturais e gosta de história. Administrada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, a instituição tem um acervo fixo, com peças de arqueologia, paleontologia, etnologia, geologia e zoologia, tudo aquilo que existe nos museus de história natural mundo afora. Atualmente, também estão em cartaz as exposições temporárias ‘África, Memória e Patrinmônio’ e ‘A Revolução das Plantas’. As exposições do Museu Nacional são abertas ao público às segundas das 12h às 17h, e de terça a domingo, inclusive feriados, das 10h às 17h. A entrada custa R$ 6.

Viviane da Costa

 

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s