Melhor do Rio: sorvete no inverno, sim!

Uma das delícias de morar no Rio é poder brincar com as estações do ano. Tirar o casaquinho leve do armário em um dia de chuva de verão ou investir no vestido mais curto em uma tarde quente de inverno é privilégio para poucos. Sim, privilégio. Não é qualquer um que tem a oportunidade que quebrar a rotina assim, em um piscar de olhos. Passar dias preso dentro de casa por causa de uma nevasca pode parecer ótima ideia quando os termômetros batem os 50º C na Cidade Maravilhosa. Mas já pensou no trabalho que você teria para se manter distraído? Chega uma hora em que até o brigadeiro e o catálogo do Netflix acabam e o tédio bate.

É verdade que mudanças bruscas de temperatura e chuvas inesperadas em dias ensolarados podem dar uma mexida pouco positiva no humor, mas, você já olhou pela janela hoje? É inverno no Rio e o céu está azul. O sol levemente quente e o vento fresco batem no corpo e te convidam a ficar um pouco mais na rua, observando a vida passar. Que me desculpem os pessimistas e reclamões, mas é impossível ficar de mau humor em um dia assim.

E como nós, do Um fôlego, somos muito legais, preparamos um roteiro de sorveterias para deixar sua terça-feira atípica de inverno ainda mais gostosa. Pode imprimir a lista, colocar no bolso e se programar para o deleite!

Venchi | Momo | Vero

Venchi | Momo | Vero

Já que é para sair do comum, que tal um gelato? Gelato é sorvete em italiano. Mas se você disser na Itália que o verdadeiro gelato é a mesma coisa que sorvete comum, a briga é certa. Em uma rápida pesquisa no nosso amado Google, é possível encontrar várias diferenças entre os dois produtos. A maioria tem a ver com o preparo. Gelato leva menos açúcar, menos gordura e até menos ar (!) do que sorvete. Embora não domine as especificações culinárias, posso garantir que existe, sim, diferença entre sorvete e gelato. O segundo é mais encorpado, saboroso e cremoso. Independentemente disso, os dois são ótimos!

No Rio, indico Momo, Venchi e Vero – todas com unidades na Zona Sul e na Barra – para quem quer provar gelatos deliciosos. As casas oferecem produtos preparados no dia e, o melhor, sabores que fogem do tradicional. Portanto, prepare o paladar para as novidades!

de fora

Esquerda: Frutos Goiás e Freddo | Direita: Paleteca e Los Paleteros

O Rio é lindo e nós amamos, mas também adoramos (comer e) reconhecer as delícias produzidas fora daqui. Da região Centro-Oeste, por exemplo, vem a Frutos de Goiás, que fica em Copacabana. Com esse nome, é fácil adivinhar qual é o diferencial da loja. São mais de 60 sabores de picolés e sorvetes, a maioria feita com frutas típicas do cerrado goiano. Pode provar, por exemplo, sorvete de taperabá, umbu, araticum, buriti e cupuaçu.

Dos nossos vizinhos argentinos, a indicação é tradicional e muito conhecida. Quem vai a Buenos Aires sempre inclui uma parada na sorveteria Freddo no roteiro. Para nossa alegria, desde outubro do ano passado, quando a marca finalmente chegou ao Rio, está bem mais fácil aproveitar essa delícia. O sabor doce de leite é obrigatório. Do creme americano, eu sou fã. Para os mais gulosos, indico o TriFreddo, que permite a escolha de três sabores de sorvete, intercalados com três toppings.

Sensação no verão passado, a paleta mexicana continua bombando no inverno. É comum ver longas filas de clientes nos quiosques das marcas Los Paleteros e Paleteca, que vendem o produto em diversos pontos do Rio. Para quem ainda não sabe, as paletas são picolés típicos do México, bem maiores que os nossos. Algumas são recheadas, outras têm pedaços de frutas dentro ou são cremosas. Minha favorita é a de chocolate belga com recheio de leite condensado. Sim, pode esquecer a dieta!

Sorvete Itália

Sorvete Itália

Tradição é tradição! Hoje, em todo o Rio, há pelo menos 25 lojas de Sorvete Itália, com promessa de abertura de novas unidades em breve. Mas, para mim, foi nas areias das praias da Zona Sul que a Itália, criada em 1975, fez sua fama. É impossível contar nos dedos as vezes em que os famosos copinhos da marca me alegraram embaixo de um sol de rachar. Em tempos frios, as lojas são uma ótima parada quando bate aquela vontade de comer algo gostoso. Entre os sorvetes, picolés, sundaes e tortas, eu fico com uma bola de morango em cima de uma de flocos, e indico o sorvete sabor torta alemã de doce de leite.

Algumas das indicações do post de hoje vieram parar aqui graças ao Ricardo Juarez, nosso companheiro de trabalho, que traz gordices para a redação de vez em quando e deixa o dia mais divertido. Valeu, Juarez! Ah, uma curiosidade: ele é dublador e sempre arranca risadas de quem visita a redação quando interpreta o Johnny Bravo ou o Taz. :)

Viviane da Costa

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s