7 coisas para fazer com pouco (ou nenhum) dinheiro no Rio

Passear pelo Rio e curtir atividades de graça ou bem baratas é possível e nós apostamos que você pode descobrir o seu canto favorito na cidade assim. Nós, pelo menos, somos apaixonadas por todas as opções da lista de hoje e sempre recorremos a elas quando queremos nos conectar com aquele espírito leve e bonito típico da Cidade Maravilhosa.

Observar a Enseada de Botafogo. O terraço panorâmico do Botafogo (escada) Praia Shopping é um dos pontos privilegiados para cidade para quem gosta de admirar a Baía de Guanabara com o Pão de Açúcar ao fundo, de preferência, no final do dia, com o sol se pondo e deixando tudo mais lindo. A entrada no shopping, pela Praia de Botafogo, é gratuita, lógico, e depois de sete ou oito – são muitos, anyway – lances de escada rolante, basta atravessar a praça de alimentação e curtir o visual.

Ir ao Parque Lage. É um dos parques públicos mais lindos da cidade. Sem dúvidas, o que mais transmite a sensação de paz e calmaria. Com entrada pela rua Jardim Botânico, é perfeito para quem quer esvaziar a mente de problemas e se encher de inspiração. Bem conservado, tem diversas áreas verdes perfeitas para um piquenique em boa companhia. A beleza arquitetônica do palacete onde funciona a Escola de Artes Visuais é uma atração à parte durante a visita. A graça do parque é ficar livre para explorar todos os cantos e fazer suas próprias descobertas. Entrada gratuita.

Subir o Morro Dois Irmãos. Se existe uma coisa em alta atualmente, essa coisa é a prática de trilhas. Portanto, como não poderia deixar de ser, não faltam amigos e conhecidos com experiência de sobra para garantir que a trilha que leva ao topo do Morro Dois Irmãos é moleza de ser feita, até para os mais sedentários. O acesso, pelo Vidigal, é bastante conhecido. O tempo de subida, com calma e tranquilidade, é de, no máximo, uma hora. A recompensa, lá de cima, é daquelas que compensam o esforço, basta ver nas fotos.

Passar a tarde no Real Gabinete Português de Leitura. No número 30 da rua Luís de Camões, no Centro do Rio, fica uma das bibliotecas mais lindas da cidade. Os belos vitrais vão te hipnotizar, assim como todo o resto da decoração. As mesas de madeira são imensamente convidativas para uma agradável tarde de leitura. E você vai gastar só o dinheiro do transporte.

Cantar no karaokê na Feira de São Cristóvão. Para essa atração você vai ter que coçar um pouco o bolso. A entrada na feira – que já passou por aqui – custa R$ 3 em dias sem shows. Os karaokês têm cobranças próprias, mas todas muito em conta para qualquer grupo animado de amigos. No Bazar da Cantoria, por exemplo, cada música sai a R$ 3 e há um mínimo de cinco músicas pedidas. Ou seja, você não vai gastar nem R$ 10 e, com certeza, vai conhecer um canto muito especial do Rio, além de se divertir horrores cantando e ouvindo a galera cantar.

Alugar uma bicicleta e pedalar pelo Aterro do Flamengo. São seis quilômetros do aeroporto Santos Dumont, no Centro, até o Mourisco, em Botafogo. Dá para fazer ida e volta em menos de uma hora, com paradas para contemplação e fotografias. Quando meus amigos veem algumas fotos ou vídeos dos meus passeios pelo Aterro, é comum ouvir: ‘Onde fica isso?’ ou ‘Que lugar é esse da cidade?’. A cada visita, eu descubro um canto novo e compartilho com o mundo. Porque beleza deve ser espalhada por aí. O aluguel da bicicleta, naquele sistema Bike Rio, custa R$ 5 por dia ou R$ 10 por mês. Outras opções para o passeio sob duas rodas são: a Lagoa Rodrigo de Freitas, a orla da Zona Sul ou o que der na sua telha.

Admirar o pôr-do-sol do Arpoador. Em dias de horário de verão, o sol se põe sempre depois das 18h. Dá tempo de sobra para sair do trabalho, pegar o ônibus ou metrô, descer em algum ponto da orla e caminhar até o Arpoador, lá no canto. Se você não curte ficar nas pedras, tem espaço no calçadão. Dá para sentar e esperar o espetáculo. Sim, espetáculo mesmo, porque tem até aplausos quando o sol, enfim, se despede. Essa, aliás, é uma das tradições mais clichês e adoráveis do Rio de Janeiro.

Para saber mais sobre o que fazer de bom no Rio, confira nossos outros posts aqui.

Viviane da Costa

2 comentários sobre “7 coisas para fazer com pouco (ou nenhum) dinheiro no Rio

    • O Rio é encantador, apesar de todos os pesares. É uma cidade calorosa e bonita, com gente que seduz e paisagens incríveis! Torcemos para que você consiga fazer em breve uma visita. E que nossas dicas sejam úteis! :)

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s