Três dicas para ativar sua criatividade

Quantas vezes você já não se questionou, diante de uma ideia brilhante, por que não pensou nela antes? Nessas horas, o melhor a pensar é que a criação, aparentemente tão óbvia, poderia, sim, ser sua. Simplesmente porque criatividade não é dom, mas uma habilidade, que alguns têm mais aguçada e outros não. É como dirigir ou tocar violão, algumas pessoas terão mais facilidade para estacionar o carro ou acertar os acordes de uma canção, porém todos nós temos capacidade para fazê-lo. E quanto mais exercitarmos essa capacidade, melhor. Assim é com a criatividade. Mais estímulo para o cérebro, mais ideias criativas para a sua conta. Para inspirar sua mente, separamos três dicas para ativar a criatividade.

Expanda seu horizonte e experimente o que é diferente. Você gosta de livros de ficção científica e, por isso, quase nunca lê poesia? Sempre pede o sanduíche com dois hambúrgueres-alface-queijo-molho especial-cebola-picles no pão com gergelim? Então, está desestimulando sua criatividade. Você pode ser apaixonado por um autor e querer ler todos os livros dele, mas por que não visitar uma livraria e escolher uma obra de alguém que você nunca ouviu falar? Pode amar o Big Mac como lanche de sábado à noite, mas por que não experimentar um restaurante novo de vez em quando? Surpreender seu cérebro com algo inédito é dar a ele novas experiências e uma fonte maior de onde pode sair a ideia que você nem imagina.

jimmy choo 3Conheça pessoas e lugares novos. A gente está cansado de ouvir que conhecer novas culturas expande a mente. É clichê e é verdade. Você amplia sua referências, observa novas formas de fazer o que sempre fez do mesmo jeito, ouve histórias, conversa sobre diferentes assuntos. E já que não dá para viajar todo mês, nem fazer um novo amigo a cada semana, que tal ‘conhecer’ pessoas e lugares novos em filmes, livros, músicas ou seriados?

jimmy choo 2Relaxe. ‘Desligar’ a mente também é estimulá-la. E quem diz isso é a neurociência. Diversas pesquisas apontam que desviar o foco por um momento do que se quer criar ou resolver é o gatilho para uma ideia brilhante ou, pelo menos, para encontrar o caminho que levará você até ela. Muitas vezes, nosso cérebro precisa de fôlego. Portanto, faça pausas, desanuvie, dê liberdade para sua mente. A gente já falou aqui sobre meditação e ela pode ser uma boa pedida nesses casos. Ter um hobby e praticar uma atividade física também ajudam.

*As imagens que ilustram esse post são parte do trabalho do ilustrador brasileiro Rafael Mantesso. após o fim de um relacionamento, ele resolveu se distrair colocando seu cachorro, o bull terrier Jimmy Choo, em situações improváveis. Uma baita ideia criativa. ;) Dá para ver mais aqui.

Júlia Faria

Um comentário sobre “Três dicas para ativar sua criatividade

  1. Nunca fui de ler poesia realmente, mas também nunca fui ligadão em música, ou ficção científica, nem fanático por futebol, mas das três últimas citadas eu sempre gostei normalmente, sendo que sempre houve intermitências, e hoje, não só por conta da idade já …, mas também por conta das ocupações inevitáveis … elas já não tomam muito meu tempo; na verdade, praticamente não tomam meu tempo. Mas, sem dúvidas, embora não tendo sido um estudioso, quando na vida escolar, a poesia sempre esteve na minha vida escolar, e ainda tenho um livro do meu tempo de ginásio no qual há muitas poesias legais, assim como num livro que tem as mesmas características, que foi do meu pai, que guardo comigo há muitos anos. Bom, também nunca fui viciado em nada, nem mesmo em me juntar com vizinhos ou outros colegas para conversar, … Penso que tudo isso aconteceu na minha vida sem apegos. Entretanto, quando passei a estudar Espiritismo eu me tornei estudioso, até mesmo porque vivi experiências que me levaram a isso, e tudo ficou perfeitamente caracterizado que não seria possível eu viver sem as experiências que me fizeram espírita. E, creiam, mesmo nesse aprendizado, quando se tem bastante contato com poesia, nos meus primeiros quinze anos de estudante dessa doutrina não me passava pela cabeça que me aconteceria alguma coisa relativamente a poesia; no entanto, como que sem querer eu até passei a exercitar, mais particularmente dentro dos princípios espíritas – quem encontra minha página no twitter pode encontrar alguma coisa -; então, até mesmo por isso eu digo que, não só porque nada acontece por acaso realmente, não existe em quem quer que seja realmente, o que costumam dizer que é um dom que Deus deu, mas capacidades que se adquiriu em diversas vidas corpóreas que se viveu, e aí, para cada um isso ou aquilo pode ficar como algo para o que ele realmente tem habilidade, sendo que isso não impossibilita o elemento de outras habilidades. Então, em casos específicos, e vocês já ouviram falar muito a respeito, a profissão de vocês me leva a crer nisso, um menino com dez anos de idade tocou piano magnificamente, e músicas especias, assim como um outro se revelou exímio matemático, etc e isso não é um dom especial que Deus deu a eles, mas Deus, para atender mesmo as necessidades gerais, deles próprios, inclusive, chamando a atenção dos homens para que despertem para mais além, com o que ainda não conseguem atinar realmente, … concedeu a oportunidade de viverem isso, … Mas as dicas de vocês são muito certas! Obrigado pelo empenho. Estou feliz por ter tido essa oportunidade com vocês. Abraços! Felicidades!

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s