Conheça nossas apostas de tendências para o verão carioca

O que você acha a cara do verão carioca? Sem pensar muito, a gente consegue enumerar uma porção de coisas, do banho de mangueira no quintal à praia que se estende até quase oito da noite, passando pelas manchetes do jornal sobre temperaturas recordes. Tudo isso já é tradicional. Porém, a cada dezembro que chega, novas tendências surgem e se adaptam tão bem ao clima do Rio que a gente logo acha que elas nasceram aqui. Para o verão que começa em breve, separamos quatro apostas que a gente acha a cara da cidade e já podem até ser vistas por aí. Será que elas ainda vão ganhar mais força dos próximos dias até o finzinho de março?

Turbantes: Eles não são novidade, afinal, fazem parte de uma história de séculos. Turbantes são enfeites com origem na África, usados para distinguir diferentes etnias do continente, além de organizá-las de acordo com hierarquias sociais, políticas e espirituais. Símbolos de poder e, claro, referências da cultura negra, já viraram tendência há um tempo razoável. Mas parece que chegaram de vez no Rio agora, como reflexo, inclusive, do movimento de afirmação da identidade negra que está ganhando força nos últimos anos. Além de ter toda essa carga histórica, o acessório é sinônimo de beleza e atitude, e tem a cara do verão carioca, aquele período em que por causa da temperatura na casa dos 40º prender o cabelo e manter o visual charmoso é o desejo de dez em dez mulheres.

turbantes

Óculos de sol sustentáveis: Engajadas em um movimento recente de envolvimento com produções sustentáveis, algumas marcas de óculos de sol passaram a apostar em modelos feitos de bambu ou madeira de reflorestamento. Aqui no Rio, a Zerezes, fundada por quatro amigos em 2012, se empenha na confecção de óculos a partir de materiais reaproveitados, como madeira prensada e serragem. Na proposta, ‘baixo impacto ambiental e alto impacto sensorial’. Namorando os modelos, a gente constata: objetivo cumprido. Os óculos são uma graça, no estilo levanta look total. Não são baratos, têm preços entre R$ 300 e R$ 400, um investimento para a saúde – a nossa e a da natureza. Beleza e sustentabilidade juntas, vai dizer que não é a cara do Rio?

óculos sustentáveis

Saia/vestido midi com fendas: O comprimento midi nasceu em meados dos anos 20, como criação de ninguém menos do que Coco Chanel. Na época, a modelagem era solução de roupa confortável para as mulheres que começavam a ganhar mais independência. Há algumas estações, saias e vestidos midi são vistos em looks cheios de estilo e feminilidade. Para o verão que se aproxima, uma variação do modelo promete garantir o tão desejado conforto para os dias quentes e agitados: saia/vestido midi com fendas, que é para a movimentação ficar fácil e o frescor garantido. As opções em tecidos leves e soltos reforçam ainda mais a necessidade de uma roupa fresquinha e confortável.

Saias midi com fendas

Flash tattoos: Tatuagens temporárias me fazem lembrar imediatamente a infância, quando a diversão era aplicar na pele o desenho temporário que vinha de brinde no chiclete. A última vez que eu e Vivi usamos uma dessas não foi muito feliz – clica aqui para entender ;) -, porém nada que não se possa superar. Também temporárias, as tatoos de henna já não são moda há muito tempo, embora ainda seja possível encontrar quem as venda nas areias das praias cariocas. Talvez os vendedores ambulantes descolem uma graninha a mais se incluírem no catálogo desenhos não de henna, mas metalizados, que fazem as tatuagens parecerem uma joia. As flash tattoos, como vêm sendo chamadas as tatuagens temporárias de material dourado ou prateado, conquistaram tornozelos, punhos e outras partes do corpo de fashionistas e artistas lá de fora, especialmente aqueles que vivem no hemisfério em que é verão no meio do ano, depois de algumas marcas lançarem versões mais acessíveis de uma ideia que surgiu em 2012. Naquele ano, a Dior lançou uma linha de tatuagens temporárias feitas de ouro 24 quilates e vendidas pela bagatela de 120 dólares.  Os modelos da grife francesa não pegaram, mas a versão mais em conta virou febre e tem tudo para se encaixar muito bem no verão do Rio de Janeiro, afinal, são hypadas, fáceis de usar, alternativa para quem não dispensa joias e bijus nem na praia e ainda combinam bem com o bronze da estação.

Flash tattoos são a cara de um dia na praia

 Júlia Faria

E aí, o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s